Propaganda com Neymar “viola” a santidade islâmica

O jogador  Neymar Jr já é uma estrela do futebol. Seu nome está ligado a muitos produtos.  Mas a campanha mais recente estrelada por ele causou indignação na cidade mais sagrada do islamismo.

Meca, na Arábia Saudita, é o local de peregrinação para milhões dos seguidores de Maomé e o local onde está enterrado seu corpo. É entrada na cidade para não muçulmanos é proibida.

As propagandas da rede  de lanchonetes McDonald’s com a foto do craque do Barcelona e da Seleção Brasileira causaram polêmica e acabaram proibidas. A acusação é que elas “violam a santidades religiosa” do local.

Assim que foram espalhados pela cidade, começou uma mobilização dos moradores, reclamando do fato de ele ser cristão. Nas redes sociais, muitos citavam ainda as conhecidas imagens de Neymar fora de campo (cercada de mulheres e com bebida alcoólica) e o fato dele possuir tatuagens. Esse tipo de comportamento é inaceitável no Islã.

O jornal A Meca informa que  a decisão partiu da prefeitura local. Em comunicado oficial, o porta-voz Ozman Mali anunciou que foi pedido ao McDonald’s e a outras empresas estrangeiras que respeitem os “sentimentos muçulmanos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

[ajax_load_more post_type="post" sticky_posts="true" button_label="Mais posts"]