Preservação da família é um dos motivadores do crescimento evangélico, afirma especialista

Por Douglas Pessoa, Juliana Prado e Bruna Perales

Os evangélicos estão em alta no Brasil. É o que aponta o último Censo Demográfico do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em 2000, cerca de 26,2 milhões se disseram evangélicos. Em 2010, eles passaram a ser 42,3 milhões. Ainda assim o país segue com maioria católica. O número de católicos foi de 123,3 milhões em 2010, cerca de 60% da população. No levantamento feito em 2000, eles eram 124,9 milhões, ou 73,6% dos brasileiros.

Ao mesmo tempo em que o número de evangélicos aumentou 61,45% em 10 anos, a comunidade católica sofreu uma queda de 1,3% no índice de fiéis no mesmo período. Segundo especialistas a causa disso é a ênfase em restauração familiar que a mensagem do movimento evangélico prega.

Francisco Borba, coordenador do Núcleo Fé e Cultura da PUC-SP diz que a causa do crescimento dos pentecostais é que para o movimento, Deus é capaz de provocar mudanças concretas e materiais na vida do fiel.

A preservação da família é um dos motivos que, segundo especialistas, serve para explicar o crescimento da Assembleia de Deus no país. De acordo com o censo de 2010, ela é o maior segmento evangélico, com 12 milhões de fiéis, e o segundo maior do Brasil, atrás da Igreja Católica.

Em comparação com a igreja Universal do Reino de Deus, por exemplo, que perdeu 228 mil fiéis nos últimos 10 anos e hoje tem 1,8 milhão de arrebanhados, a Assembleia de Deus prega valores morais mais rígidos.

Nos últimos 10 anos, manteve-se estável a proporção de cristãos. Isso indica tanto uma migração de católicos para as correntes evangélicas e para outras religiões. O segmento dos sem religião também cresceu percentualmente, e chegou a 8% da população em 2010.

O contingente de católicos foi reduzido em todas as regiões e se manteve mais elevado no Sul e no Nordeste. O Norte foi onde houve a maior redução relativa dos católicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

[ajax_load_more post_type="post" sticky_posts="true" button_label="Mais posts"]