Movimento “Eu Escolhi Esperar” que incentiva a virgindade até o casamento alcança 200 mil no Facebook

O movimento em prol do casamento virgem tem ganhado força nas redes sociais. O movimento que prega a doutrina evangélica do casamento virgem, “Eu Escolhi Esperar” (EEE) atingiu a marca de 212 mil pessoas que “curtem” a panpage no Facebook e possui 80 mil seguidores no Twitter.

“É um movimento de jovens que querem esperar o par certo. Antes, a minha maneira de escolher um namorado era baseada na carência, para não ficar sozinha. Tinha uma vida normal de ficar com caras que nem conhecia direito, mas, graças a Deus, me preservei”, disse Samira Yunes, bióloga, de 27 anos e ativista do EEE.

Uma pesquisa recente apontou que temas religiosos são os que mais atraem fãs no Facebook. E para os idealizadores do movimento EEE, pastor Nelson Junior, da Igreja em Vitória, no Espírito Santo, “todas as cores querem dizer que discordamos da libertinagem antes de casar. Temos católicos e pessoas que nos seguem só por princípios”, relata.

“Fizemos a pulseira como um contraponto à pulseirinha, cuja brincadeira era arrebentar. A nossa não arrebenta. Andamos de mãos dadas e trocamos carinhos até um certo limite. Quando sinto vontade, oro ou vou correr na praia”, relata Nelson, sem demonstrar constrangimento por sua virgindade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

[ajax_load_more post_type="post" sticky_posts="true" button_label="Mais posts"]